Foi realizada uma pesquisa anual da Comissão de Animais de Companhia (Comac) do Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para a Saúde Animal (Sindan) e o levantamento mostrou que cada vez mais casais preferem ter pets do que filhos e os números não escondem isso.

O estudo representa os lares brasileiros nas classes A, B e C. A edição de 2021 desta pesquisa mostrou que, das casas que têm cachorros, 21% delas são de casais sem filhos (contra 9% de casas com pessoas morando sozinhas e 65% de casas com filhos). Das casas que têm gatos, 25% delas são de casais sem filhos (contra 17% de casas com pessoas morando sozinhas e 55% de casas com filhos). Em 2019, por exemplo, 20% dos lares com cães eram de casais sem filhos, e 22% dos domicílios com gatos eram de casais sem filhos — percentuais menores do que em 2021.

A pesquisa também pergunta aos donos de animais de estimação como enxergam seus pets: como filho, membro da família, amigo, companhia, bicho de estimação ou uma forma de assistência. De 2019 para 2020, cresceram os percentuais de donos que veem seus animais como filho e membro da família e, curiosamente, diminuiu a parcela de pessoas que identificam seus pets como bichos de estimação.

Por exemplo: na Radar Pet 2019, 24% dos donos de cães os consideravam filhos; na edição de 2021, o percentual chegou a 31%.

A Radar Pet 2021 mostrou ainda que o principal perfil de casas que adquiriram um gato durante a pandemia de coronavírus foi o de casais sem filhos, responsáveis por 60% das aquisições destes animais no período. Para cães, o perfil predominante foi de pessoas morando sozinhas. A pandemia foi, aliás, um momento de forte aquisição de bichinhos de estimação, segundo a pesquisa: 30% dos pets (termo em inglês para “animal de estimação”) contabilizados no estudo foram adquiridos neste período.

A pesquisa também pergunta aos donos de animais de estimação como enxergam seus pets: como filho, membro da família, amigo, companhia, bicho de estimação ou uma forma de assistência.

De 2019 para 2020, cresceram os percentuais de donos que veem seus animais como filho e membro da família e, curiosamente, diminuiu a parcela de pessoas que identificam seus pets como bichos de estimação.

Fonte: BBC

Conheça a Cachorreiros e se torne um franqueado dessa marca premiada e que cresce a cada ano. 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.