Quando se está iniciando no ramo das franquias, é comum que tanto os franqueadores como os franqueados confundam os royalties com a taxa de franquia (já falamos sobre isso em um outro artigo, clique aqui para acessar!), ou mesmo o Fundo de Propaganda.

Há uma única semelhança entre esses encargos, que nada mais é que todos se tratam de taxas que devem ser pagas. Nesse caso em específico, o beneficiado é um franqueador, pois essa tarifa é periodicamente cobrada pelo uso da marca ou o sistema dela, cujo compreende todo o know-how do franqueador em relação à marca.

Como acontece na realização da cobrança dos royalties?

Isso depende muito do tipo da empresa franqueadora. Na maioria das vezes (sendo mais comum) esse encargo é cobrado através de um percentual do faturamento bruto do franqueado, não se tratando de um percentual fixo.

Em alguns casos, quando a marca franqueadora é também a fornecedora do produto vendido pelo franqueado, pode acontecer de cobrarem essa tarifa de acordo com a compra realizada pelo franqueado.

É importante ressaltar que os valores da taxa de royalties podem ser fixos, mas, contudo, podem mudar de acordo com o tipo de operação, dependendo do modelo de negócio. Por exemplo: para quiosque um determinado valor, e para lojas um outro. Essa base se dá por um levantamento realizado levando em consideração o potencial do modelo de negócio.

Por que é tão importante que a essa taxa seja paga pelo franqueado?

Como já falamos em outros artigos aqui no blog do GSPP, quando um possível franqueado se interessa por uma marca, o bônus em questão se dá pelo fato de estar empreendendo junto a uma marca que construiu uma história e conseguiu chegar em uma boa gestão através de seus erros e acertos.

Por isso, é como começar no mercado de franquias com a garantia de um negócio que já vem funcionando bem. Além de que, deve ser levado em consideração de que quando uma marca passa pelo processo de formatação para o franqueamento, os proprietários investem um valor consideravelmente alto inclusive no processo de comercialização da marca. Sendo assim, os royalties uma forma de sanar esses custos, como acontece também com as taxas de franquias.

O GSPP pode auxiliar todos os envolvidos na expansão da marca e na definição das taxas cobradas!

Quando uma marca chega para que a Formatação seja realizada no GSPP, nosso time de profissionais se disponibiliza inteiramente aos serviços desse processo. Cuidamos de todos os tramites seguindo as leis estabelecidas para a expansão de marcas e somos cautelosos na prospecção de novos franqueados, tendo como base o perfil definido nas reuniões com os franqueadores.

Que tal conhecer a nossa proposta para elevar sua marca a outro nível?

Clique aqui e leia um pouco mais a respeito da nossa missão na expansão de franquias. Para saber nossas informações de contato, basta acessar a página, clicando aqui.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.