Redes de alimentação se modernizam

O setor de alimentação sofreu muito com o fechamento das lojas físicas e precisou se reinventar. As redes que não tinham o delivery no centro da estratégia sofreram um baque no faturamento. 

Para tentar uma recuperação, grandes franqueadoras criaram novos modelos de negócio, observa Umberto Papera Filho, sócio-diretor da GSPP, grupo formatador de franquias por trás do formato de cozinhas franqueadas para entrega adotado pela tradicional doceria carioca Lecadô

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *